OBESIDADE

Home  /  Endocrinologia  /  Obesidade

Obesidade

Embora muito julgada, a obesidade é uma doença e é considerada um dos principais problemas de saúde pública no mundo. Caracterizada pelo acúmulo de gordura corporal, a obesidade pode acarretar graves problemas de saúde e levar até à morte. Para calcular a gordura, adota-se um critério padrão, conhecido como IMC (índice de massa corporal).

A fórmula para calcular o IMC é simples: peso do indivíduo (em quilogramas) dividido pela sua altura (em metros) elevada ao quadrado (ex.: 85/1,80² no caso de um indivíduo com 1m80cm de altura, pesando 85kg). Quando o resultado fica entre 18,5 e 24,9 kg/m2, o peso é considerado normal. Entre 25,0 e 29,9 kg/m2, sobrepeso, e acima deste valor, a pessoa é considerada obesa.

A obesidade é fator de risco para uma série de doenças. O indivíduo obeso tem mais propensão a desenvolver problemas como hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, além de problemas físicos. Além disso, a obesidade pode mexer com fatores psicológicos, acarretando diminuição da autoestima e depressão.

Causas da obesidade

São muitas as causas da obesidade. Pode-se mencionar como as principais causas a predisposição genética, as disfunções endócrinas e hormonais, os maus hábitos alimentares e o sedentarismo.

Tratamento da obesidade

O tratamento da obesidade é quase sempre multidisciplinar. Nutricionistas, endocrinologistas, educadores físicos e principalmente psicólogos podem ser necessários. O tratamento inclui dieta alimentar, prática de atividade física, controle da ansiedade (na maioria dos casos apontada como causa para a compulsão alimentar), medicamentos orais ou injetáveis e também a cirurgia bariátrica.

Agende sua consulta!





    Edivaldo Rodrigues dos Santos Junior - Doctoralia.com.br