Caminhar: confira os bons motivos para começar

By Dr. Edivaldo Junior 6 meses agoNo Comments
Home  /  Blog  /  Caminhar: confira os bons motivos para começar

Confira, a seguir, os benefícios dessa atividade física para sua saúde, que a ciência testou e aprovou.

Previne doenças

A doença arterial obstrutiva periférica é causada por placas de gordura que fazem o fluxo de sangue das pernas diminuir. Com isso, provoca dor intermitente e piora a qualidade de vida dos pacientes. Uma pesquisa realizada pela Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (EEFE-USP) comprovou que caminhar duas vezes por semana ajudou na melhora dos sintomas no corpo.

Controla o diabetes

A grande pesquisa realizada com corredores e praticantes de caminhada, publicada na revista norte americana Arteriosclerosis, Thrombosis and Vascular Biology, mostrou outros benefícios além da diminuição do nível de glicose. Quem caminha viu os índices de glicose no sangue ficarem estáveis e apresentou menor risco de desenvolvimento de diabetes do tipo 2. Este tipo de diabetes acomete as pessoas mais idosas aumentando a resistência à insulina, ou seja, as células têm mais dificuldade em absorver a glicose. A caminhada melhora a ação da insulina e controla a glicemia.

Colesterol ruim

Quando falamos na prevenção de doenças cardiovasculares, caminhar é tão eficiente quanto correr. Pesquisadores acompanharam por seis anos 33 mil corredores e 15 mil praticantes de caminhada. O resultado foi que o segundo grupo também apresentou menos riscos de colesterol alto e doenças coronarianas.

Reduz a pressão

Caminhar reduz a pressão arterial em hipertensos e mantém as taxas baixas durante as 24 horas seguintes.

Ameniza a dor crônica

A fibromialgia é uma síndrome caracterizada por dor constante em vários pontos do corpo, tendo origem autoimune. A caminhada, também se mostrou eficiente contra a dor crônica. Isso ocorre por meio da ação das endorfinas. Essas substâncias têm uma estrutura semelhante àquelas dos analgésicos opiáceos e produzem a diminuição das dores constantes.

Diminui os sinais da artrose

Em um mês e meio, pacientes com artrose de 42 a 73 anos conquistaram alívio das dores e melhora na mobilidade após aderirem a um programa de caminhada aliado à medicação para tratamento da doença. A caminhada foi realizada durante três dias na semana, com o mínimo de três mil passos.

Afasta a depressão

A Universidade de Stirling (Escócia) analisou os dados de oito pesquisas sobre caminhada com um total de 341 pacientes e concluiu que a prática pode ajudar a driblar a depressão. Uma das hipóteses é que a caminhada ajuda a liberar endorfina, um neutralizador que diminui a dor e aumenta a euforia.

Controla a insônia

Também dorme melhor quem calça os tênis e vai caminhar. Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) avaliou os efeitos da caminhada intensa, da caminhada moderada e da musculação em 36 pessoas com insônia. Os resultados mostraram que a caminhada aumentou 37% o tempo de sono e ajudou a conter a ansiedade.

Faz bem para a memória

Idosas que praticavam caminhada em ritmo rápido apresentaram melhor memória quando comparadas às colegas que investiram em exercícios de resistência ou de tonificação muscular. O estudo da Universidade de Colúmbia Britânica (Canadá) acompanhou de perto 86 mulheres entre 70 e 80 anos.

É imprescindível destacar a importância do acompanhamento médico, caso você já possua algum problema de saúde. Aliar a prática de atividade física com o hábito de uma alimentação equilibrada, irá garantir uma melhora na qualidade de vida.

Para agendar uma consulta com o Dr. Edivaldo Junior entre em contato pelo WhatsApp (11) 97263-2233 ou clique aqui!

 

 

Category:
  Blog

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Edivaldo Rodrigues dos Santos Junior - Doctoralia.com.br